sábado, 18 de outubro de 2008

Ele sendo Deus não se orgulhou em si msm

"De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se (esvaziou-se de) a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens: e achado em forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou soberanamente e lhe deu o nome que é sobre todo o nome."
Filipenses 2:5-9

Isso nos mostra o grande amor de Jesus por nós. Jesus, enquanto ser humano, seguia as mesmas regras que nós seres humanos. A diferença é que ele continuamente era guiado pelo Espírito. e também, enquanto ser humano Ele tinha uma escolha, Ele tinha livre arbítrio, podia escolher entre morrer e não morrer por nós. Mas porque Ele nos amou de Tal maneira escolheu ser obediente a Deus, morrendo por nós, se entregando com sacrifício vivo a Deus Pai por nosso pecados.

O nosso Grande Sacerdote (Jesus morto na cruz) não é como aqueles (sacerdotes normais do passado - ênfase minha) que não são capazes de compreender as nossas fraquezas. Pelo contrário, temos um Grande Sacerdote que foi tentado do mesmo modo que nós (passou por tudo que nós passamos, sofrimento, dor, etc. - ênfase minha), mas não pecou.
Hebreus 4:15

hehe isso nos prova que Ele em tudo foi tentado, mas em nada pecou.
se você não acredita Nele.....é não sei, mas um dia o Senhor fará com que você também tenha uma escolha: a escolha de servir a Deus ou não.

Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.
Filipenses 2:10 e 11